Handebol feminino é ouro de novo e goleiro do polo é suspeito de assédio sexual



A sexta do Brasil no Pan foi marcada por mais um ouro no handebol e de um caso de suspeita de assédio sexual envolvendo um atleta do país. O goleiro da seleção de polo aquático Tyhe Matos Bezerra é acusado pela polícia do Canadá de ter abusado sexualmente com uma jovem canadense de 22 anos, mas a mesma jura ter sido consentida. A polícia canadense quer que Tyhe volte para Toronto para esclarecer o caso, mas o jogador que estava com a equipe em Kazan voltou ao Brasil.

Saindo da esfera policial voltamos à esfera esportiva. O Brasil obteve apenas um ouro no handebol feminino que se sagrou pentacampeão pan americano ao bater a Argentina na final por 25 x 20. As campeãs mundiais começaram mal, mas acordaram no segundo tempo e se impuseram mostrando porque não perdem uma partida desde 1995. O país ainda obteve uma medalha de bronze na esgrima por equipes e outra no atletismo com Júlio César no arremesso de dardo.


Nos esportes coletivos o basquete e o vôlei masculino tem a medalha de prata garantida. A seleção masculina de basquete sofreu, mas passou pela República Dominicana por 68 x 62 e vai enfrentar na final a seleção do Canadá que bateu os Estados Unidos na prorrogação por 111 x 108. A seleção de vôlei masculino atropelou Porto Rico por três sets a zero e decidirá o torneio com a seleção da Argentina. O Brasil soma no quadro de medalhas do Pan 124 medalhas, sendo 35 de ouro, 34 de prata e 55 de bronze.

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário