Gaúchos e mineiros fazem campeonato razoável; Pincelada na campanha de outros clubes


Depois do bicampeonato do Cruzeiro e o título da Libertadores (2013) e da Copa do Brasil (2014) do Atlético-MG, o futebol mineiro encerrou o ano de 2015 sem nenhum título de nível nacional ou internacional, entretanto o Galo garantiu uma vaga para a Libertadores. O mesmo pode se dizer dos times do Rio Grande do Sul, que mesmo fazendo boa campanha, apenas o Grêmio conseguiu a vaga para a competição citada do ano que vem.

Os times mineiros, após duas temporadas fantásticas, não repetiram a atuação neste ano. Um dos fatores principais foi a perda de jogadores importantes, principalmente o Cruzeiro (Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart...). O Galo ainda fez excelente campanha, terminando em segundo, porém não teve a mesma regularidade do Corinthians e nem aproveitou os tropeços do concorrente, não conseguindo nem assustar muito nessa reta final. A Raposa fez um campeonato aquém do que se esperava, tendo até um pequena probabilidade ir para a Libertadores na reta final da competição, que foi perdida rapidamente.


Novamente os times do Rio Grande do Sul fazem bom campeonato e não conseguem título. O Grêmio ficou na cola de Atlético-MG e Corinthians, mas assim como o Galo não acompanhou o ritmo do Timão e quase beliscou o segundo, contudo ficou apenas em terceiro. Já o Internacional passou boa parte do Campeonato no meio da tabela e após uma curta arrancada na reta final, brigou com o São Paulo pela cobiçada quarta vaga para a Libertadores, porém acabou não a alcançando ficando com 60 pontos contra 62 do Tricolor do Morumbi.

Dos outros times podendo colocar em destaque o Sport, Ponte Preta (ambos se enfrentaram em Campinas com vitória por 1x0 do time pernambucano) e Atlético-PR, que começaram o ano super bem (Sport liderou boa parte do início da competição), todavia foram caindo de produção ao longo da disputa, como previsto por muitos, devido ao elenco mais limitado e também menor infraestrutura e outros fatores em relação aos times do eixo Centro-Sul, mesmo assim fizeram um grande campeonato.


Já Santa Catarina, que teve quatro clubes na Série A nesta temporada, mais que o Rio de Janeiro, perdeu dois representantes seus, sendo que o Joinville desde o início, assim como Vasco, estava cotado para ser rebaixado, e assim o foi, o Avaí acabou sendo rebaixado na última rodada, Coritiba e Figueirense escaparam a da segundona do ano que vem. Já o Nordeste ganha o "reforço" de mais dois integrantes, Vitória e Santa Cruz.

Bem termino aqui o post falando sobre algumas campanhas de certos clubes neste Brasileirão. Espero que tenham gostado, e caso concordem ou não, deixem suas opiniões nos comentários. Até mais!

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário