Defesa de Denver destroi ataque de Carolina e os Broncos conquistam o Super Bowl 50



No duelo entre o poderosíssimo ataque de Carolina e a defesa monstruosa de Denver, melhor para os Broncos. Numa partida praticamente perfeita, o time defensivo engoliu o ataque comandado por Cam Newton e foram os protagonistas do título da franquia de Colorado. Além do show nos quatro quartos, tivemos também show no intervalo. Aí foi a vez de Coldplay, Bruno Mars e Beyonce entrarem literalmente em campo, fazendo a festa do público no Levi's Stadium.

Denver Broncos e Carolina Panthers fazem a grande partida do Super Bowl 50

O primeiro confronto foi entre o ataque de Denver e a defesa de Panthers. Peyton Manning começou o jogo de maneira espetacular, conseguindo primeiras decidas em sequência, mas acabou sendo parado pela defesa perto da Endzone. Os Broncos foram para o Field Goal, convertido, abrindo assim o placar. Então, no embate mais esperado, a defesa dos Broncos levaram a melhor na primeira campanha ofensiva da franquia de Carolina. A primeira foi ruim, mas a segunda foi pior. Cam Newton foi sacado por Von Miller sofrendo um fumble, recuperado por Malik Jackson, anotando o primeiro touchdown da partida. Primeiro quarto terminou com Denver na frente, 10-0.
Von Miller (camisa 58), MVP da partida, sacando Cam Newton (camisa 1).
A segunda metade do primeiro tempo começou melhor para os Panthers. Cam Newton utilizou bem as pernas, e com bons passes chegaram bem próximos a endzone. Então, o time de ataque do Carolina optou utilizar a jogada terrestre, e o running back Jonathan Stewart saltou sobre a linha defensiva de Denver anotando o primeiro touchdown para Carolina, com extra point convertido. Depois do TD de Carolina, as defesas de ambas equipes seguraram bem os ataques adversários, até o retorno de punt espetacular de Jordon Norwood (61 jardas), dos Broncos. Manning entrou em campo, mas não conseguiu o Touchdown, tendo de se contentar somente com o Field Goal, 13-10. Assim terminou o primeiro tempo o jogo, lembrando que Peyton ainda foi interceptado no final do quarto.
Peyton Manning liderando o time de ataque dos Broncos.
Pausa na partida, e início do Halftime show. Coldplay abriu o show do intervalo, no palco montado em apenas cinco minutos. Depois foi a vez de Bruno Mars, que também participou do Super Bowl XLVIII, aparecer cena, seguido posteriormente por Beyoncé, esta literalmente entrou no campo. No final da festa, os três cantaram juntos, tendo ainda imagens marcantes de todos os 49 Super Bowls passadoa. Lembrando que o Hino Nacional Estadunidense foi cantado por Lady Gaga, antes do início do jogo. Show artístico encerrado, palco desmontado na velocidade da luz; agora era a vez do show esportivo recomeçar.
Beyoncé, Coldplay e Bruno Mars animando o Halftime Show.
Voltando ao jogo, o início do segundo tempo foi razoável para o Carolina, o time conseguiu avançar, não chegando a endzone, mas em uma posição boa para Field Goal, entretanto o chute de Graham Gano bateu na trave, perdendo a chance assim de diminuir a vantagem. Já os Broncos, partindo da linha de 34 jardas, conseguiram avançar, não fazendo o Touchdown, mas chutando seu terceiro Field Goal na partida, e marcando, abrindo a diferença para duas posses de bola, 16-7. E quando parecia que os Panthers conseguiriam pontuar, Cam Newton lançou uma interceptação para TJ Ward, que ainda sofreu um fumble, recuperado por Danny Trevathan, também dos Broncos. Na campanha seguinte, mais um punt, sendo que Newton foi novamente sacado.
Cam Newton, quarteback do Carolina, decepcionado pela derrota de seu time.
Se a defesa de Denver estava aniquilando o ataque adversária, o time defensivo de Carolina estava fazendo sua parte, e na primeira campanha do quarto quarto forçaram um fumble de Manning, devido ao sack Kony Ealy, igualando-se a outros dois jogadores no quesito sacks em Super Bowl. Newton conseguiu levar o time à linha de 16 jardas, mas com penalidade e passe incompleto, teve que se contentar com o Field Goal, dessa vez convertido. A partir daí, as defesas impediram pontuações, até o segundo fumble forçado de Van Miller para cima de Cam Newton. TJ Ward recupera deixando a quatro jardas da Endzone. Dessa vez, Peyton Manning não desperdiçou a anotou seu primeiro touchdown no jogo (corrida de CJ Anderson), com direito a um mini-TD: 24-10.
Manning segurando o Vince Lombardi. Pode ter sido a última partida do quarteback de Denver.
Mesmo com a vitória garantida, a defesa de Denver continuou gigante para cima do Carolina e impediram qualquer chance de reação na partida, terminando assim 24-10. Como era de se esperar, Von Miller foi eleito o MVP do jogo, jogador que "representa" a defesa esmagadora dos Broncos, que não permitiram que Carolina jogasse o que jogou nas outras partidas dos playoffs, mostrando que sim, "defesa ganha jogo". Cam Newton terá muito tempo para conquistar outro Super Bowl, enquanto Manning, mesmo não fazendo uma boa temporada, pode ter encerrado sua carreira magnífica da melhor maneira possível: vencendo o Super Bowl 50!

Confira os números impressionantes do Super Bowl 50

Agora o próximo "evento" da NFL será o draft, no qual as 32 equipes da NFL escolhem jogadores elegíveis que estão vindo do futebol americano universitário. As franquias voltam ao campo apenas no final de Julho, na temporada 2016/2017. O Super Bowl LI deverá ocorrer no dia 5 de Fevereiro de 2017, no NRG Stadium, em Houston, Texas (casa do Houston Texans, meio óbvio, rs). Agora é o momento onde bate a saudade, até mesmo do Proo Bowl. Que venha Agosto com mais NFL!!!

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário