Aos trancos e barrancos

16:03 0 Comments A+ a-


A primeira partida das quartas de finais foi difícil. Com um empate em 1x1 no tempo normal, Portugal x Polônia decidiriam a vaga para as semis além dos 90 minutos. Os lusos haviam eliminado os croatas na prorrogação enquanto os polacos venceram a decisão por pênaltis contra os suíços. Como os 120 minutos não foram suficientes, a decisão foi para as penalidades e Blaszczykowski foi o único que desperdiçou sua cobrança, defendida por Ricardo Patrício, dando a classificação aos lusos.

Lewandowski que ainda não tinha marcado nesta Euro balançou as redes logo nos dois primeiros minutos. Renato Sanches de apenas 18 anos empatou. E não foi só no gol de empate que o meia português apareceu, Renato foi um dos destaques ofensivos sendo um dos principais criadores de jogadas. No segundo tempo, a Polônia começou o jogo melhor, contudo foi gradualmente cedendo espaço para Portugal que dominou daí em diante. CR7 novamente não estava inspirada e fez partida apagada. Nas cobranças, Ricardo Patrício foi o herói lusitano, levando Portugal para a semi-final sem vencer nenhum confronto.

Este foi o quinto empate português em cinco partidas da Euro. Agora, chegando nas semis, Portugal não enfrentará um adversário muito superior, no caso da Bélgica, nem muito inferior, no caso de País de Gales. Independentemente do oponente, há esperança de um jogo disputado. Acho difícil que Portugal avance para a final devido as ruins aparições, contudo nesta sequência de empates pode ser que os nossos "querido colonizadores" consigam, mesmo que capengando, chegar a final.