Esportes da Olimpíada - Boxe

21:48 0 Comments A+ a-


A série especial sobre os esportes do programa olímpico segue e hoje é dia de falarmos do boxe. O boxe olímpico está presente desde os jogos de Saint Louis em 1904, exceto em Estocolmo 1912. Até Pequim a competição estava restrita aos homens, mas em Londres as mulheres passaram a disputar o evento.


As categorias disputadas são dez no masculino e três no feminino:
  • Mosca - ligeiro: até 49 kg; 
  • Mosca: até 52 kg; 
  • Galo: até 56 kg; 
  • Leve: até 60 kg; 
  • Meio médio- ligeiro: até 64 kg 
  • Meio - médio: até 69 kg; 
  • Médio: até 75 kg; 
  • Meio pesado: até 81 kg; 
  • Pesado: até 91 kg; 
  • Super pesado: acima de 91 kg. 
No boxe feminino as categorias são peso mosca, peso leve e peso médio.

Regras:

A disputa para os homens é de três rounds e para as mulheres,quatro com duração de três minutos para os homens e dois para as mulheres. Ao fim de cada round cinco juízes atribuem notas aos dois pugilistas, só que o resultado é revelado no final do combate. Os juízes avaliam critérios como golpes acertados, domínio da luta, competitividade tática e técnica e conformidade com as regras. Vence quem tiver mais pontos exceto as desqualificações e os nocautes. 

Equipamentos:


O capacete é usado apenas pelas mulheres, o protetor bucal protege os dentes e podem ser de qualquer cor menos os tons avermelhados para não confundir com sangue e as luvas são fornecidas pelos organizadores, pesam 284 g e tem o dobro do tamanho de um punho. 

Golpes:
  • Jab: São golpes curtos sem força total e são usados como estratégia para manter o rival à distância;
  • Cruzado: Golpe mais poderoso que o jab resulta na maioria das vezes em nocaute;
  • Uppercut: Também conhecido como gancho é um soco poderoso desferido de cima pra baixo e pode resultar em nocaute.quando bem executado.
O local de competição:



No Pavilhão 6 do Riocentro com área de 7500 m² serão disputadas as lutas do torneio olímpico de boxe.

O Brasil nos jogos:


O país terá sete representantes na disputa masculina e dois na femininaa. Adriana Araújo, medalhista em Londres será a representante feminina na categoria leve e Andréia Bandeira nos médios. Entre os homens as vagas ficaram com Robson Conceição (leves), Joedison Teixeira (meio médio ligeiro), Julião Neto (mosca), Michel Borges (meio pesado), Robenilson de Jesus (galo), Juan Nogueira (pesado) e Patrick Lourenço (mosca ligeiro). Na história olímpica o país ganhou quatro medalhas, sendo 3 em Londres com os irmãos Esquiva e Yamaguchi Falcão (prata e bronze) e que viraram profissionais.

A potência:


Cuba já ganhou na sua história 67 medalhas no boxe e no Rio terá nove atletas. O grande nome é Lazaro Alvarez Estrada, que compete entre os leves.