Esportes da Olimpíada - Ginástica


A série especial sobre os esportes olímpicos fala da ginástica.

Um dos esportes mais tradicionais e presente desde a primeira edição dos jogos olímpicos a ginástica se divide em três modalidades; 
  • Ginástica artística ou ginástica olímpica: Reúne força, flexibilidade, habilidade e coordenação motora. Nas competições oficiais os ginastas competem em vários aparelhos. Para os homens os aparelhos são: barra fixa, barras paralelas, cavalo com alças, argolas, salto sobre o cavalo ou mesa e solo e para as mulheres salto, solo, barras assimétricas e trave de equilíbrio; 
  • Ginástica rítmica: Modalidade exclusivamente feminina reúne graça, leveza e beleza nos movimentos. As ginastas competem individualmente ou por equipes e são cinco os aparelhos utilizados: corda, arco, maça, bola e fita; 
  • Ginástica de trampolim: Também chamado de trampolim acrobático é disputado desde os jogos de Sydney e é uma modalidade em que o ginasta executa saltos acrobáticos num trampolim e podem saltar até oito metros. 
Características dos aparelhos da ginástica artística: 
  • Cavalo com alças: Mede 1,60 m x 1,15 m por 35 cm. Alças com distâncias ajustáveis e altura de 12 cm; 
  • Argolas: Uma estrutura é instalada e prende duas argolas à uma altura de 2,75 m do chão, sua distância é de 50 cm e o diâmetro é de 80 cm; 
  • Barras paralelas: Medem 1,95 x 3 m e estão distanciadas entre 42 e 52 cm. 
  • Barra fixa: Presa sobre uma estrutura de metal que fica à 2,75 m do solo e mede 2,40 de comprimento; 
  • Barras assimétricas: De uso estritamente feminino tem altura variável de até 2,36 m do solo. São feitas de materiais sintéticos e por vezes material aderente; 
  • Trave de equilíbrio: É uma barra revestida de material aderente e tem medidas de 5 m de comprimento por 10 cm de altura. 
  • Solo: O tablado mede 12 x 12 m e é fabricado com materiais elásticos que amortecem os impactos e ajudam os ginastas no impulso dos saltos; 
  • Salto sobre a mesa: O salto ocorre em uma pista de 25 m com trampolim de impulso e a mesa mede 120 x 95 cm.
O local de competições:


A Arena Olímpica do Rio ou Arena da Barra é um dos legados do Pan de 2007 e será a casa das competições de ginástica nas suas três modalidades.

O Brasil nos jogos:





A seleção brasileira de ginástica artística terá as presenças pela primeira vez das equipes masculina e feminina disputando as provas. A equipe masculina conquistou a vaga ano passado no mundial de Glasgow, na Escócia e a equipe feminina obteve a vaga no local das disputas olímpicas. O time masculino terá como atrações Diego Hypólito que vai competir por equipes, mas não sabe se vai competir no solo e Arthur Zanetti, o senhor das argolas que vem forte em busca do bicampeonato olímpico. Entre as mulheres Daniele Hypólito e Jade Barbosa lideram uma seleção renovada que tem como esperança a pequena Flávia Saraiva. Na ginástica ritmica o país competirá no individual geral com Natália Gaudio e por equipes e na ginástica de trampolim teremos Rafael Andrade, o primeiro atleta do Brasil a competir na modalidade.

O astro:


O japonês Kohei Uchimura é o grande nome da modalidade pois é hexacampeão mundial e campeão olímpico no individual geral onde compete por todos os aparelhos.

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário