Esportes da Olimpíada - Saltos Ornamentais

19:53 0 Comments A+ a-


A série sobre os esportes olímpicos prossegue e hoje é dia dos saltos ornamentais.

Os saltos ornamentais são o conjunto de habilidades que envolvem saltar de alturas elevadas até a água. Nas competições oficiais as disputas acontecem na plataforma de 10 metros e no trampolim de 3 metros.

Os homens saltam seis e as mulheres cinco vezes e são avaliados através dos quesitos: apresentação, aproximação, saída, execução e entrada na água. As mãos e braços alinhados acima da cabeça são as primeiras partes a entrarem na água, já na entrada em pé o atleta deve furar a água com a ponta dos dedos do pé.


Na pontuação sete juízes dão notas de 0 a 10 e nas sincronizadas são 11 os juízes. A mais alta e a mais baixa são descartadas, as restantes são somadas e multiplicadas pelo grau de dificuldade dos saltos. Os movimentos são analisados nos mínimos detalhes e qualquer falha leva o saltador a perder pontos.

A piscina tem profundidade de 5 metros e jatos d'água são lançados constantemente na superfície da piscina para agitar a superfície e orientar os atletas durante o salto.

O local de competições:


O Parque aquático Maria Lenk será a sede das provas de saltos ornamentais.

O Brasil nos jogos:




O Brasil terá nove representantes na modalidade. O brasiliense César Castro irá competir pela quarta vez em Olimpíadas no trampolim de 3 metros. Hugo Parisi, Ian Matos, Jackson Rondinelli e Luiz Felipe Outerelo serão os outros representantes no masculino. Entre as mulheres a veterana Juliana Veloso vai disputar sua quinta Olimpíada em duas provas, Giovana Pedroso, Tammy Galera e Ingrid Oliveira, estreante em Olimpíada serão nossas representantes.

A estrela e os astros do passado:


O britânico Tom Daley é o grande nome na atualidade. A modalidade teve no passado nomes como o italiano Klaus Dibiasi, tricampeão olímpico, o americano Greg Louganis, bicampeão olímpico e entre as mulheres as chinesas Guo Jingjing e Fu Mingxia.