Ouro no vôlei fecha melhor participação brasileira na Olimpíada, Dream Team vence no basquete e Quênia vence maratona


O último dia de competições dos Jogos Rio 2016 marcam a melhor participação brasileira em quase 100 anos de história e com fecho de ouro com o tricampeonato do vôlei masculino.

Vôlei é Tricampeão e Brasil fecha sua melhor Olimpíada:

Numa sensacional recuperação o vôlei masculino do Brasil conseguiu uma espetacular reação e não mais perdeu, sendo que nos dois últimos jogos dois atropelos. Hoje no Maracananzinho e com Neymar na plateia o time de Bernardinho arrasou com a Itália com um incontestável 3 x 0 (25/22, 28/26 e 26/24) em quase 2 horas de jogo. A partida marcou também o adeus de Serginho, o líbero que se tornou símbolo de uma era de conquistas. 


Este é o terceiro título do vôlei masculino brasileiro que nas duas últimas (Pequim e Londres) obteve a medalha de prata. A campanha que começou irregular e com ameaça de desclassificação terminou de forma positiva. A Itália segue sem ganhar a medalha de ouro e ficou com a medalha de prata enquanto a medalha de bronze foi dos Estados Unidos que venceram de virada a Rússia.

Mais um show queniano na maratona:


O Quênia de novo dominou a maratona masculina e sob forte chuva e com bateria da União da Ilha agitando os maratonistas tanto na largada como na chegada o queniano Eliud Kipchoge venceu a prova com o tempo de 2h08min 04s.O etíope Feyisa Lilesa ficou com a medalha de prata e a medalha de bronze foi para o americano Gallen Rupp. O melhor brasileiro na prova foi Paulo Roberto Paula que foi o 15º colocado. Marilson dos Santos terminou na 59º colocação e Solonei Rocha foi o 78º colocado. Marílson anunciou aposentadoria neste domingo.

Mais um ouro na conta do basquete Estadunidense:


Na última competição das Olimpíadas deu a lógica. Num show de Kevin Durant que fez 30 pontos o Dream Team conquistou o ouro mais previsível dos jogos ao atropelar a Sérvia por 96 x 66. Em 19 torneios olímpicos desde a introdução nos Jogos de Berlim os americanos só perderam três (um foi por boicote) e marcou também o adeus do Coach K que será substituído por Gregg Popovich. A medalha de bronze ficou com a Espanha que venceu a Austrália por um ponto de diferença, 89 x 88. O Brasil terminou a competição em nono lugar.

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário