Vergonha desperta no povo "ira que" possui muitos motivos


Depois do empate contra a África do Sul, os menino do futebol jogaram novamente no Mané Garrincha em busca da primeira vitória na competição contra o Iraque. Apesar do apoio da torcida no início, nossa seleção teve outra apresentação péssima e o jogo terminou novamente em 0x0. Uma atuação para "lá de Bagdá" com direito à vaias do público presente.

O jogo foi bem parecido com aquele da África do Sul. O Brasil partindo para o ataque e o Iraque jogando na defensiva, sendo que na primeira etapa, o time do Oriente Médio ainda criou algumas boas chances. Muita troca de passes ineficientes e pouca contundência no ataque. Neymar, capitão da equipe, até se estranhou numa catimba do Iraque, comportamento inaceitável para um capitão, atitude esta que gera instabilidade aos demais jogadores.



Na segunda etapa, o Brasil dominou a posse de bola, mas não o jogo. Gabriel Jesus fez péssima partida, assim como Renato Augusto, que perdeu um gol feito no final do jogo. Agora, nossa Seleção joga tudo ou nada contra a Dinamarca. Se vencer, passa, se perder, cai fora. Caso haja outra igualdade, o Brasil precisará torcer pelo empate no outro confronto entre Iraque e África do Sul.

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário