Desempenho do Brasil em Toronto - Esportes Coletivos

21:56 0 Comments A+ a-


Estamos aqui no segundo post dando uma resumida e uma breve analisada sobre a campanha do Time Brasil no Pan-Americano Toronto 2015. Para quem não viu o primeiro post, falando sobre os esporte individuais, basta clicar aqui para visitá-lo. Esse segundo e último texto falará sobre o esportes coletivos, alguns com surpresas, outros com decepções.


Futebol:

No esporte mais amado do país tivemos uma campanha superior ao do último Pan. O Futebol Feminino depois de ficar com a prata em Guadalajara (o Canadá levou foi campeão) conquistou a medalha de ouro após vencer a Colômbia (Marta não foi convocada). O masculino por sua vez ficou com o bronze, em uma campanha bem meia boca, passando dificuldade até para o Panamá. O Uruguai, que eliminou o Brasil nas semi-finais, foi o campeão após vencer o México na final.

Para 2016, o Futebol Feminino deverá passar dificuldades, lembrando na Copa do Mundo de Futebol Feminino nossa Seleção foi eliminada nas oitavas para a Austrália, e os EUA foram campeões. Já o Futebol Masculino, que nas Olimpíadas é Sub-23, gera uma dúvida após essa campanha ruim, mesmo com a medalha e com o vice na Copa do Mundo Masculina Sub-20, perdendo para a Sérvia na final.


Vôlei:

Outra modalidade que decepcionou foi o vôlei, tanto nas quadras como nas areias. O Brasil, tido como o país do esportes, não ganhou nenhum ouro. Foram três pratas, no masculino e feminino de quadra e com Álvaro e Felipe nas areias e mais um bronze com Liliane e Caroline também no vôlei de praia. Apesar da campanha ruim (afinal, em Londres 2012 foram um ouro, duas pratas e um bronze) não devemos nos desesperar pois não estávamos os principais jogadores.

Boa parte do time feminino das quadras estava disputando o Grand-Prix o time principal masculino estava jogando a Liga Mundial e as melhores duplas brasileiras, Larissa e Talita e Emanuel e Ricardo, estão disputando o Circuito Mundial. Por isso, esperamos que o Brasil esteja com força máxima em 2016, afinal, o Vôlei é o principal esporte coletivo onde o Brasil pode ganhar medalhas.


Basquete:

Mais uma competição onde o Brasil foi melhor do que em 2011. No masculino, conquistamos ouro, já no feminino, bronze em Guadalajara, ficou sem medalha. Todos nós sabemos que os Estados Unidos possuem um time 95% imbatível e que deverá ficar com o ouro, tanto no feminino quanto no masculino.

O time feminino do Brasil é bem fraco em relação a outros países, como Canadá, Austrália, e deverá ser difícil pegar uma medalha. Já o Masculino (que disputou o Pan sem os jogadores da NBA) tem boas chances de ser medalhista, e quem sabe até uma prata, mas terá possíveis jogos complicados contra Espanha, Rússia e a Argentina (para quem fomos eliminados em 2012).


Handebol:

No Handebol o Brasil foi 100%, ouro no feminino e no masculino. Os meninos do Time Brasil venceram a Argentina na final, na revanche de Guadalajara, que na ocasião foi vencida pelos Hermanos. Já  nossas femininas deram show e conquistaram  o pentacampeonato vencendo também na final a Argentina. O time feminino brasileiro é o atual campeão mundial (vencendo na final a dona da casa da edição, a Sérvia), e colocará o título em jogo no Mundial em 2015, em Dezembro, na Dinamarca. Sendo que nossas meninas possuem grandes chances de medalha, e até possibilidade de conquistar o ouro. Já o Masculino tem menos de chances de subir ao pódio frente as potências europeias como Rússia, Sérvia entre outros.

Pólo Aquático:

O Brasil fez boa campanha no Pólo Aquático. O time feminino conseguiu o bronze contra Cuba, o quarto de sua história. Nosso meninos, que conquistaram bronze inédito no Mundial, ficaram com a prata perdendo para os Estados Unidos (também ouro no feminino) na final. O Canadá levou o prata feminino e o bronze masculino. Nas Olimpíadas, a principal esperança de medalha é com o time masculino, graças à boa campanha na última Liga Mundial, já o feminino não tem tanta força assim, mas torcemos para ter surpresa.


Tênis de Mesa:

No Tênis de Mesa, o Brasil fez uma campanha espetacular. Foram dois ouros (todos do masculino), três pratas (todas do feminino e uma no masculino) e 2 bronzes, ficando em primeiro na modalidade. Os demais ouros ficaram com os EUA, mas os estadunidenses conseguiram nenhuma prata. Nas Olimpíadas será bem complicado conquistar ao menos um bronze. Já a China chega como a favorita, lembrando que os orientais levaram todos os ouros de Londres na modalidade, sendo que apenas Coreia do Sul (3) e Suécia (1) ganharam ouro no tênis de mesa em Olimpíadas. A China possui 24 medalhas douradas ao todo nos Jogos Olímpicos.

Hóquei de grama:


Em um esporte pouco popular no Brasil, o Hóquei de Grama não conseguiu medalha em Toronto, lembrando que tivemos participação apenas do time masculino, mas nossos meninos conseguiram a vaga para as Olimpíadas após vencer os EUA nas quartas-de-final nos pênaltis. Na semi-final, o Brasil perdeu para o Canadá também nos pênaltis. Essa é a primeira vez que o Brasil consegue a classificação olímpica no Hóquei de Grama.

No Rugby Sevens, conseguimos um bronze no feminino. Entretanto, será difícil conseguir o pódio nas Olimpíadas (estreia da modalidade) enfrentando potências como Reino Unido, Nova Zelândia, África do Sul e Austrália. Já pelo Nado Sicronizado, o Brasil não conquistou medalhas. Nas duas categorias (dueto e equipes), o Canadá levou os ouros, o México as pratas e os Estados Unidos os bronzes.

Terminamos aqui os nossos posts falando sobre os Jogos Pan-Americanos de 2015, dando uma resumida e uma breve análise sobre o desempenho do Time Brasil. Gostaria de agradecer a Kléber Nunes (http://knfranca.blogspot.com/) que postou os dia-a-dia dos Pan de Toronto! E claro, até às Olimpíadas Rio 2016, se Deus quiser!