Red Bull Esportes - Dos esportes radicais aos automotores


Red Bull é uma bebida energética vendida pela companhia austríaca Red Bull GmbH. O Red Bull foi introduzido no mercado em 1987 e desde então, vende mais de 5 bilhões de latas anualmente em mais de 140 países. Isso tornou o dono da empresa, Dietrich Mateschitz, um bilionário (Wikipedia). A marca é conhecida pelo slogan "Te dá asas", mas como o blog é de esportes, sobretudo futebol, vamos direcionar nossas atenções sobre a influência desta empresa nos esportes.
Como muitos já perceberam, a Red Bull está presente em diversas categorias, com destaque para os radicais, os automotores e o futebol. E neste primeiro post, falaremos um pouco sobre a atuação da empresa nas atividades radicais e de corrida, deixando o futebol para futuras postagens, com um poucos mais de detalhes. Lembrando de antemão, a empresa austríaca é dona de cinco clubes em torno do planeta, inclusive um sediado aqui no Brasil.


Iniciando nos esportes, a empresa é forte investidora no Downhill, onde patrocina eventos como Red Bull Elevation, Red Bull Rampage e Red Bull Empire of Dirt. Também é válido destacar a presença da marca no Red Bull Desafio do Morro, que tem como pista as escadarias do Morro Santa Marta, evento similar ao Lisboa Dowtown. Além das bicicletas, a empresa tem presença forte no Surf, patrocinando o ASP World Tour (Circuito Mundial) onde tivemos os brasileiros Gabriel Medina e Adriano Souza (Mineirinho) campeões em 2014 e 2015 respectivamente.


Outro ponto forte de presença da Red Bull são os esportes radicais, como nas competições de skate. Podemos destacar o Red Bull Hart Lines, Red Bull Skate Arcade (que teve a final de 2016 em Porto Alegre) e o X-Games, um dos maiores eventos que reúne os esportes de alta adrenalina. Saindo das pistas, indo para os céus, devemos evidenciar o Red Bull Air Race World Series, que reúne os pilotos mais hábeis do mundo em um série de corridas aéreas internacionais.



Continuando nos esportes a motor, mas voltando para a terra, vamos falar da área em que a Red Bull é mais conhecida, principalmente pelas vitórias e títulos. Na Fórmula 1, a empresa possui duas equipes, a STR (Scuderia Toro Rosso), que estreou em 2006, e a RBR (Red Bull Racing) que iniciou na competição um ano antes. Esta última chegou a dominar a F1 de 2010 até 2013, com os quatro títulos no Mundial de Construtores e os quatro de Pilotos, com Sebastian Vettel.


Mas não é só apenas na Fórmula 1 que a RB tem sucesso. Na Stock Car, a Red Bull Rancing Brasil, que entrou em 2007 na modalidade, conquistou dois título por equipes e três de pilotos (todos com Cacá Bueno), tendo saído da competição em 2016 a fim de se concentrar na F1, mas continuando ainda como patrocinadora. A marca também tem presença nas motos do Rally Dakar. E como curiosidade para fecharmos esta primeira parte, há também a Red Bull Soapbox, uma competição com carros similares ao "carrinho de rolimã" no Brasil.

Bom, assim terminamos nossa primeiro postagem desta Trilogia. O segundo artigo trará os principais clubes sob propriedade da Red Bull e um resumo de suas histórias em suas respectivas competições. Até lá pessoal!

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Ceyron Louis

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário