Daniel Dias faz história, Brasil conquista muitas medalhas, mas dia é marcado por morte de ciclista do Irã


O penúltimo dia de competições da Paralimpíada foi de muitas medalhas para o Brasil e uma tragédia no ciclismo de estrada.

O iraniano Bahman Golbarnehzad de 48 anos morreu após sofrer um acidente grave durante a prova do ciclismo de estrada classe C4 numa das descidas no Recreio dos Bandeirantes. Ele perdeu o controle da bicicleta e bateu a cabeça em uma pedra. Ele morreu a caminho do hospital devido à uma parada cardíaca. Como forma de homenagear o atleta morto a bandeira do Irã e do movimento paralímpico foi baixada na Vila Paralímpica e no Riocentro.



O Brasil teve um dia cheio de conquistas. Daniel Dias fez história e conquistou duas medalhas no último dia de competições da natação. A primeira medalha do dia foi de ouro nos 100 m livres classe S5. A segunda foi sensacional. O Brasil vinha atrás na prova do revezamento 4 x 100 34 pontos e Phelipe Rodrigues deu o gás nos metros finais para dar a medalha de bronze e a 24ª da carreira paralímpica de Daniel Dias. Hoje também foi o adeus do Tubarão Clodoaldo Silva. Ele se despediu da Paralimpíada na sétima colocação na prova do ouro de Daniel Dias.


Desde os Jogos de Atenas que o Brasil domina o futebol de 5, modalidade para cegos e neste sábado no Centro Olímpico de Tênis a equipe conquistou o tetracampeonato paralímpico ao vencer na final a equipe do Irã com gol de Ricardinho.


O Brasil conquistou medalha de prata no ciclismo com Cesar lauro Chaman na classe C4-5 no ciclismo de estrada, no atletismo com Petrúcio Ferreira numa sensacional arrancada nos 400 m classe T47, Felipe Gomes nos 400 m T11 e Shirlene Coelho no arremesso de disco F38. O võlei sentado feminino conquistou uma inédita medalha de bronze ao vencer a Ucrânia por 3 sets a 0. O Brasil ainda teve bronze na natação com Joana Neves nos 100 m classe S5 e no tênis de mesa dois bronzes para as equipes feminina e masculina.



A China ultrapassou a marca de 100 medalhas de ouro e sobra na liderança do quadro de medalhas geral. O Brasil é o oitavo colocado e deve terminar nessa posição pois resta poucas provas e vai disputar a maratona e a medalha de bronze no vôlei sentado masculino. A Paralimpíada termina neste domingo com as últimas provas e a cerimônia de encerramento.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Ceyron Louis

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário