Joice Silva conquista ouro inédito e Thiago Pereira é desclassificado em prova polêmica



A quinta para o Brasil no Pan foi marcada por um ouro inédito e uma polêmica nas piscinas. A polêmica foi a desclassificação de Thiago Pereira nos 400 m medley. Na transição do nado peito para o nado crawl a arbitragem apontou uma irregularidade. Um movimento errado tirou do brasileiro a chance de igualar o recorde de medalhas do cubano Eric Lopez e o ouro acabou indo parar em outro brasileiro, Brandonn Almeida de 18 anos que havia ficado com a prata, herdou o ouro do compatriota.

Não adiantou o protesto feito pela delegação brasileira. Uma outra desclassificação deu o bronze para Joanna Maranhão nos 400 m medley. Também houve a mesma coisa. A atleta do Canadá foi desclassificada e perdeu a medalha de ouro. Ainda na natação o Brasil conquistou medalha de prata no revezamento 4 x 200 m livre. O ciclismo também conquistou medalha: bronze por equipes na prova de pista.


E a luta olímpica também trouxe medalha. Na categoria até 98 kg David Albino conquistou medalha de bronze e no fim da noite de ontem veio um ouro inédito para o esporte com Joice Silva que perdia por 5 x 0 e virou o marcador contra a cubana Estornell e conquistou a medalha de ouro garantindo o país na terceira posição do quadro de medalhas com 18 ouros, 15 pratas e 28 bronzes.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Ceyron Louis

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário