Sábado brasileiro na Paralimpíada com dois ouros e o adeus de Antonio Tenório aos jogos


No terceiro dia de competições das Paralimpíadas o dia foi de adeus para Antônio Tenório e de dois ouros no atletismo.

Nosso primeiro ouro veio no lançamento de disco com Claudiney Santos Batista na categoria F-56 com novo recorde paralímpico (45,33 m). E no começo da noite teve mais ouro, desta vez com Shirlene Coelho no lançamento de dardo classe F37 conquistando o bicampeonato paralímpico com a marca de 37,57 m, 29 cm acima de sua marca que é recorde mundial da prova.


O judô não conseguiu o ouro. No último dia de disputas na Arena Carioca 2 o país conquistou três pratas com Alana Maldonado (até 70 kg), Wilians de Araújo que foi derrotado na final em apenas 2 segundos e para a lenda Antonio Tenório. Aos 45 anos nosso judoca foi derrotado na final dos pesos pesados pelo sul coreano Gwang - Geun Choi por ippon e com a sexta medalha se despediu dos jogos paralímpicos.


Já Deanne Almeida deixou escapar a medalha de bronze ao ser imobilizada pela americana Christella Garcia quando vencia por wazari. Na natação Daniel Dias foi medalha de bronze nos 50 m borboleta classe S5, Matheus Souza foi bronze nos 400 m livre S11 e no atletismo Rodrigo Parreira foi bronze nos 100 m rasos classe T36.


No futebol de 7 o Brasil goleou a Irlanda por 7 x 1 e joga contra a Ucrânia precisando apenas do empate, mas classificado pra semifinal e no tênis em cadeira de rodas a dupla brasileira foi eliminada pela dupla da Coreia do Sul. O Brasil soma 19 medalhas até aqui com 5 de ouro, 9 de prata e 5 de bronze. A China segue líder.

Share this:

ABOUT THE AUTHOR

Ceyron Louis

Hello We are OddThemes, Our name came from the fact that we are UNIQUE. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates. We at OddThemes do carry a philosophy that: Nothing Is Impossible

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário